Cânions – parte 2 / Trilha Rio do Boi

Então cá estamos novamente pq quero muito deixar registrado esse passeio maravilhoso. Se vc ainda não viu a primeira parte da aventura tá aqui.

Quando comecei a pensar em conhecer os cânions pesquisei sobre Praia Grande e as coisas a se fazer, trilhas, passeios, etc. E um dos mais comentados sem dúvida era a trilha do Rio do Boi, que apesar de um certo nível de dificuldade todos diziam ser a mais incrível. Só que detalhe: julho, inverno, frio! Outro: passa por dentro do rio (super gelado) várias vezes ao longo da trilha.

Como esta pessoa não é nenhuma Dora Aventureira, já tínhamos praticamente descartado essa ideia, porém depois do Malacara bateu uma vontade gigante de aventura. E o tempo colaborou demais da conta! Estava perfeito, dia ensolarado e quentinho. Depois de ligar pra cá e pra lá, conseguimos um guia (Cassiano, super querido por sinal) que já estava programado com outro pessoal, e lá fomos junto. Tinha mais dois casais e um menino de 11 anos que foi super guerreiro, afinal, fizemos 14 km a pé, saindo as 10h e retornando exatamente as 17h.

É claro que a distância à pé assusta demais, ainda mais qdo a gente não é acostumado a tanta caminhada, mas sinceramente, vc fica tão extasiado que mal percebe que andou isso td.

Lá fomos nós, mochila com comida pro dia todo e um pouquinho de água, pq o resto vc bebe direto da fonte 😀 O início é bem por dentro da mata fechada, com uma trilha bem estreita e depois só beira do rio sobre as pedras. Só pra ter ideia, essa foto abaixo foi no local onde paramos pra almoçar. Sério, não tem nem o que falar né? Isso que a foto não pode traduzir isso td que é estar ali ❤

b2

É claro que tem dificuldades, até tirei uma foto das pedras sobre as quais a gente praticamente escalou hehe.

b8

E ao longo do trajeto se vê várias cachoeiras lindas de viver!

b10

b9

E qdo vai chegando perto do encontro dos paredões? Oh God!

b5

Não tem como descrever a sensação em palavras, mas seu tivesse que associar, seria tipo o filme “A Chegada” que as pessoas vão até lá para ver a nave alienígena rsrs (e olha que nem curto filme de aliens, mas esse é bem bonzinho até) e ficam olhando sem palavras.

b7

É um misto de contemplação, de se sentir pequenino, sei lá. Essa parte aí é o meio digamos assim, pq depois já é a volta. Vc não chega a cruzar os cânions propriamente dito, pq levaria um dia inteirinho e não teria como voltar (disse o guia). Mas não pense que a volta é menos linda, pelo contrário. Até pq não se passa exatamente nos mesmos lugares.

b11

Rolou até um momento zen de monta pedrinhas rsrs e olha essa água!!!

b12

Detalhe, essa trilha dá em torno de 12 km e chega um ponto que obviamente vc está louco pra chegar, pq qdo esquenta os pés, lá vai atravessar novamente o rio e aquele gelo que vai na alma, e esta pessoa aqui – mto esperta sóquenão foi com uma botina de couro kkk e o que tem isso demais? Tem que a água entra e não sai hahahaha e ninguém me disse que o ideal seria usar tênis dãaaa.

Mas eis que o guia diz que nosso grupo foi muito bem e que ele iria nos levar pra ver o Salgueiro Lutador kkk brincadeira, não lembro o nome da árvore, mas diz que ela é um símbolo de resistência, pois tem sei lá qtos anos e que já esteve por mtos anos dentro da água e mesmo assim sobreviveu! É uma guerreira de força e história. E realmente achei o cenário lindo, mas isso implicou em 2 km a mais. E óbvio que esse trajeto a mais merecia no mínimo uma foto pro’cês verem a bichinha :))

b13

Aí já era fimzinho do dia, e nossos olhos continuavam a contemplar a beleza do passeio. Merecia essa foto de “tchau, foi um prazer indescritível te conhecer! E se puder, eu volto!”

b14

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s