Vale à pena uma máquina de fazer pão?

Sempre que falo sobre a minha panificadora ouço essa clássica pergunta “vale à pena uma máquina de fazer pão?”, e a minha resposta não poderia ser outra: sim! E motivada pela Filomena resolvi escrever esse post 🙂

Eu tenho a minha há uns 5 anos e nuca tive problemas. Único gasto foi uma manutenção preventiva que fiz ano passado e troquei a forma, pois a bichinha trabalha duas a três vezes por semana aqui em casa, então merecia rsrs. A minha fica na bancada da cozinha bem à mão:

pa

Confesso que logo que comprei ela, me arrependi muito. Primeiro o formato do pão, que não é dos mais lindo, e depois pq não estava acertando a massa ao nosso gosto. Com um pouquinho de persistência e alguns testes, ela virou amor puro!

Explico: vem um livrinho com uma infinidade de receitas padrão que podem ser ótimas sim, mas acontece que o palar é algo mto relativo e para mim parecia insosso, então foi necessário acertar o sal, o açúcar, a quantidade de água, pois algumas vezes ficava meio duro, enfim.

Eu sempre fui de fazer pão em casa, no braço mesmo, só que fazia no sábado para a semana toda, em função de trabalhar fora, estar estudando todas as noites praticamente e principalmente pq fazer pão demora mto. Depois que me adaptei a panificadora não vivo sem!

Sem contar a possibilidade de variar pães (doces, salgados, recheados, integrais, de milho.. dá para fazer massas, bolos), de sentir aquele cheirinho gostoso de pão assando, de poder programar o horário que quero o pão pronto!

Fiz uma das receitinhas que adoramos aqui em casa: pão de cenoura (de 600g)

Eu ralo metade de uma cenoura e coloco água fervendo em cima só até cobrir. Quando esfria, bato no liquidificador (pois não gosto dos pedaços soltos de cenoura no pão assado). E de resto sigo a receita do livro (1 xícara de água, 1 colher sopa de manteiga, 1¹/² colher chá de sal, 2 colheres sopa de açúcar, 3 xícaras de farinha de trigo, 2 colheres chá de fermento biológico). >>>Lembra do que falei sobre adaptar? O livro pede para colocar 4 colheres de cenoura crua ralada e no meu caso, dou uma leve cozidinha nela.<<<

Aí é só colocar os ingredientes na forma da máquina, programar e esperar 🙂

Assim é a massa amassada e em crescimento (esse furinho é a pessoa aqui conferindo se tava boa a textura hahaha)

p

Quando estiver assado, ela apita. E tá aí o resultado feio mas mto gostoso

ppao

pao-f

E claro, dá para fazer esse processo de massar na máquina e assar no forno convencional. Mas assim, depois que a gente está habituada a colocar os ingredientes e tirar ele assado, duvido se dar ao trabalho de colocar no forno kkkk.

Eventualmente ainda faço pão na mão mesmo, pq considero terapêutico ficar amassando, mas pela praticidade, panificadora ❤

Anúncios

Um comentário em “Vale à pena uma máquina de fazer pão?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s